Tudo o que rolou no 1º Workshop Nacional de Gêmeos e Múltiplos Me Two, em Gramado

Tudo que uma mãe de gêmeos de primeira viagem precisa saber! Especial #1ano da Me Two
1 de abril de 2019
Gêmeos juntos na mesma turma ou separados? Educação foi um dos temas do 1º Workshop Me Two
8 de abril de 2019

Entramos para a história no dia 6 de abril de 2019: reunimos mais de uma centena de famílias de gêmeos e múltiplos de todo o Brasil no primeiro workshop dedicado ao tema.

Realizado pela Me Two, a primeira plataforma focada no universo gemelar no país, o 1º Workshop Nacional de Gêmeos e Múltiplos Me Two reuniu mais de 150 pessoas em Gramado para ouvir especialistas de diversas áreas e também gêmeos adultos com muitas histórias e experiências a compartilhar.

A cidade de Gramado foi a escolhida para sediar o encontro por ser um dos destinos com mais estrutura pra receber famílias. Nosso evento organizado no Hotel Alpestre reuniu participantes de Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Minas Gerais e Santa Catarina, além de muitas famílias gaúchas durante todo o sábado, com adultos, crianças e bebês curtindo as atividades.

Um total de 7 palestras com especialistas e 11 rodas temáticas de conversas foram as grandes atrações do dia, com temas como a individualização dos múltiplos, parentalidade consciente, conexão entre pais e filhos, gestação de múltiplos e nutrição. Nosso workshop contou ainda com muitos momentos de confraternização e intensas trocas, conhecendo novas famílias e aprendendo cada vez mais sobre este nosso universo múltiplo. E mais: todo mundo saiu carregado não só de lembranças na memória, mas também de lembranças físicas, com muitos brindes sorteados de nossos apoiadores e mimos de marcas parceiras.

O evento tem patrocínio da Alô Bebê, Hotel Alpestre, Brocker Turismo e Nestlé Nutrition Institute, com apoio da Eu Amo Papelão, Tris, Orquídea, Dobra, H. Maria, Poções – Farmácia de Manipulação, Precisa Serviços, Festejar e Receber e Oltramari Produções, além de apoio institucional da Prefeitura Municipal de Gramado.

Quer saber tudo o que rolou por lá? Vem com a gente que vamos contar por aqui! E ao longo da semana, vamos detalhando aqui no site cada um dos tópicos a seguir em diferentes matérias e reportagens. Coloca já o site metwo.com.br nos seus favoritos para não perder nada!

7 aprendizados de mães de gêmeos

Abrimos o dia com uma dinâmica de reconhecimento para todo mundo se conectar. Foi um momento muito emocionante que já antecipou tudo o que viria pela frente nas próximas horas. As idealizadoras da Me Two, todas mães de gêmeos de 4 a 6 anos, compartilharam seus aprendizados vindos da experiência própria e dos muitos encontros com famílias de múltiplos desde a criação da Me Two. Thais Reali, Elisa Scheibe Marty e Vanessa Rocha reuniram 7 grandes insights que todo pai e toda mãe de gêmeos vão aproveitar para a vida toda.

1. O amor da alma gêmea: não é à toa que quando se encontra um amor daqueles de conexão inexplicável e íntima chamamos de “alma gêmea”. Isso vem justamente da conexão que os irmãos gêmeos compartilham, com uma intimidade muitas vezes incompreensível para o “resto do mundo”.
2. A individualidade versus o poder da dupla: pensar em cada um deles como indivíduo é o desafio diário de cada pai e mãe, mas também precisamos olhar para os irmãos como uma dupla, que juntos são mais fortes e unidos em vários aspectos.
3 – Múltiplas possibilidades de gestação: univitelinos, bivitelinos, mocoriônicas, dicoriônicas… Natural ou por reprodução assistida, com tantas técnicas disponíveis hoje em dia… O universo gemelar é cheio de peculiaridades e só quem tem uma gravidez de mais de um bebê sabe tudo o que uma futura mãe passa durante todas as semanas de gestação!
4 – Pai + mãe como protagonistas: uma coisa a gente aprende desde que descobre que são dois (ou mais) corações batendo na barriga – não existe família gemelar que depende exclusivamente da mãe! O papel do pai é fundamental e mais do que essencial desde o primeiro minuto de vida dos filhos (aliás, desde antes de eles nascerem).
5 – Rotina + sono como aliados = tranquilidade + libertação: aprendemos desde cedo que a vida precisa ser organizada para que tudo dê certo quando se tem mais de um bebê em casa. E isso segue por longos e bons anos, para que tudo saia conforme o planejado!
6 – A maternidade gemelar muda tudo! E tudo bem! Vamos adaptando as horas de trabalho, a rotina da casa, a dedicação à dupla e a cada um dos filhos. É preciso sim ter organização, como diz o item 5, mas também ter gêmeos significa que você terá muito jogo de cintura para dar conta do que for possível.
7 – Identificação e leveza: encontros como o workshop da Me Two promovem o pertencimento tão necessário em momentos difíceis, não é mesmo? E tem coisas que só uma mãe de gêmeos entende quando ouve outra mãe de gêmeos!

1+1 são 3: Isadora Canto criou música para famílias de gêmeos

Nós somos fãs da Isadora Canto! Sua voz embalou nossas gestações e muitas mães a adoram. E que tal uma letra que falasse da emoção de ter mais de um bebê ao mesmo tempo? Foi justamente em Gramado que a conhecemos pessoalmente e logo surgiu a ideia de uma linda parceria. Apresentamos no Workshop em primeira mão para os participantes a música 1 + 1 é igual a 3, composição especial voltada para famílias de múltiplos. Clica a seguir no vídeo para ouvir e se encantar!

Perguntas & respostas sobre a criação de gêmeos com Adela Gueller

Em um dos módulos da Escola de Pais no Instituto Ling, com curadoria da Me Two no ano passado, em Porto Alegre, o público já havia conhecido parte do trabalho da psicanalista argentina Adela Gueller, pesquisadora das relações fraternas. Ela nos trouxe o conceito do “poder da dupla” e falou muito sobre como os os gêmeos nos ensinam a trabalhar em equipe. “Quando se forma um time, não é que cada um precisa fazer tudo, a gente divide tarefas”, comparou Adela. Depois, ao falar sobre a relação única entre gêmeos, trouxe a ideia da saudade: quando um gêmeo casa, o outro irmão se sente quase que abandonado. As gêmeas Vanessa Pacheco e Vivian Zart, que já foram tema de matéria aqui na Me Two, deram um depoimento emocionante sobre isso, reforçando a explicação de Adela sobre esta separação quando uma casou e a outra seguiu “sozinha”.

Muitas outras mães de gêmeos presentes no workshop trouxeram suas dúvidas para a psicanalista: o trigêmeo que nasceu antes alega para as duas meninas do trio que ele precisa ser priorizado em atividades, pois “é o mais velho”. Outra mãe se mostrou preocupada porque os filhos meninos se apresentam como se fossem uma dupla: “meu nome é Bento e Thomas”. Também outra família contou que a questão do gênero aparece muito no dia a dia, com a menina não querendo a mamadeira azul do irmão e vice-versa. E, por fim, os comportamentos de quem tem um irmão mais velho ou mais novo além dos gêmeos. Ciúmes, competição, isolamento… Como lidar? Quer saber mais sobre a palestra da Adela? Aguarde pois teremos disponível online em breve!

Juntos ou separados na escola? Especialistas debatem

Este é um dos temas até hoje mais buscados por pais e mães de crianças em idade escolar: manter os gêmeos juntos em sala de aula ou separar as turmas? No Two Talk sobre EDUCAÇÃO, a psicóloga Andréia Grinberg, mãe dos gêmeos Benjamin e Gabriela, de 4 anos,especialista em infância e adolescência, e a coordenadora educacional do Colégio Israelita Brasileiro, Sônia Maria do Nascimento Alves, debateram o assunto. Elas concluíram que atualmente as escolas estão mais abertas a esta questão, que até muito pouco tempo atrás estava restrita a uma única decisão: os gêmeos devem estudar em turmas diferentes. “Hoje em dia é preciso flexibilizar as necessidades e ouvir as famílias. A escola não pode se fechar na zona de conforto”, defende Sônia.

@@ Aqui, você lê mais sobre como foi este Two Talk sobre Educação!

Os adultos com a palavra: como é ter um irmão gêmeo?

O que eles mais têm são histórias a contar: os irmãos Rafael e Daniel Borin, 43 anos, são advogados em Porto Alegre e acumulam muitas vivências únicas relacionadas ao fato de serem univitelinos. Até algum tempo atrás, ambos trocavam impressões sobre o assunto apenas entre eles ou com a família e amigos próximos. Mas foi a palestra da psicanalista Adela Gueller na Escola de Pais do Instituto Ling, com curadoria da Me Two, que motivou um novo olhar sobre o tema da gemelaridade. No workshop em Gramado, eles conversaram sobre como é importante que os pais olhem para a “força da dupla”. Rafael resume: “Hoje em dia a gente vê que a dupla é mais forte do que o individual. Os pais de gêmeos tentam criar autonomia, mas essa busca pela diferenciação não pode ocorrer com sofrimento”. Eles também contaram que ter um irmão gêmeo dá segurança durante fases difíceis como a adolescência. “É legal ter sempre uma companhia”. E a sintonia entre os dois aparece das formas mais diferentes possíveis, como na escolha das roupas. Não é raro um chegar a um local e se ver vestido da mesmíssima forma que o outro. “Nossos gostos sempre foram muito parecidos. Temos um entrosamento natural e genético em tudo”, diz Daniel. Foi Daniel quem contou também uma das histórias mais cômicas do workshop. No dia do casamento de Rafael, formou-se uma fila para cumprimentar o noivo… Mas era Daniel quem ficou, sem querer, cumprimentando as pessoas. “Muitas senhorinhas de 70 e poucos anos estavam lá e me confundiram com meu irmão. Obviamente eu não iria ser antipático e dizer que não era o noivo. Fiquei lá dando conta da fila e meu irmão curtindo a própria festa”, contou, aos risos, deles e da plateia.

Amamentação e alimentação sem frescuras para os gêmeos

Nutrição de A a Z: “abobrinhas” até “zen noção” – alimentação e nutrição sem frescuras é o lema do dr. José Paulo Ferreira, pediatra e preceptor do ambulatório de desenvolvimento do Hospital da Criança Santo Antônio da Santa Casa de Porto Alegre. Para tranquilizar as famílias, o médico afirmou que costuma dizer que não é preciso levar em conta somente o peso do bebê, e sim o desenvolvimento e o bem-estar da criança como um todo. Uma série de modismos são criados para incentivar o consumo, o que não necessariamente se reflete na qualidade da alimentação. O dr. Paulo levantou questões como o uso de mamadeiras especiais, redinhas e outros acessórios inventados pelo comércio, por exemplo. O que importa é que, após a amamentação exclusiva, seja feita a partir dos seis meses a introdução dos alimentos sólidos e que se observe as reações dos bebês em termos de coordenação e de paladar também. Lembrando sempre que cada filho tem seu ritmo, e isso vale para qualquer área do desenvolvimento, como sono, fraldas, fala… O bebê triplica de peso no primeiro ano e ganha 50% do seu peso no segundo ano, então comparativamente come muito mais no primeiro ano. Uma dica geral é: conduzir com leveza a hora da alimentação do bebê para a boa nutrição.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Entramos ao vivo no Jornal do Almoço mostrando a movimentação aqui direto de Gramado do 1º Workshop Nacional de Gêmeos e Múltiplos Me Two! 📺 Estamos fazendo história com este encontro de tantas famílias, de todo o Brasil! Com muito orgulho, algumas duplas apareceram para todo o Rio Grande do Sul revelando suas histórias divertidas. 🎤 As irmãs Vanessa e Vivian (@vanessatwin1 e @viviantwin2) colecionam várias passagens cômicas pelo fato de serem idênticas. E os irmãos Daniel e Rafael Borin (@d.borin e @rafael_borin) contaram ao repórter que até o Facebook confundiu as fotos de ambos, mostrando o que era do perfil de um no perfil do outro. . . Estamos muito felizes em poder compartilhar com vocês tantas informações especializadas e experiências diferentes para tantas famílias, as que estão aqui com a gente no @hotelalpestre e vocês que nos seguem pelas redes sociais! ❣️ . . @workshopmetwo #workshopmetwo #gemeosemultiplos #maedegemeos #paidegemeos #maternidade #workshop #workshopsobregemeosemultiplos #gramado #gramadors #gramadoserragaucha #serragaucha . . APOIO INSTITUCIONAL @prefeituradegramado ✔️ PATROCINADORES @alobebeoficial @hotelalpestre @brockerturismo @nestle_br ✔️ APOIADORES @amoprodutosorquidea @querodobra @euamopapelao @hmariajoiasoficial @pocoesfarmacia @precservicos @tris_oficial @festejarereceber

Uma publicação compartilhada por Gêmeos Me Two (@gemeosmetwo) em

Fazendo história ao vivo & contando para todo o RS

Entramos ao vivo no Jornal do Almoço mostrando a movimentação aqui direto de Gramado do 1º Workshop Nacional de Gêmeos e Múltiplos Me Two! Estamos fazendo história com este encontro de tantas famílias, de todo o Brasil! Com muito orgulho, algumas duplas apareceram para todo o Rio Grande do Sul revelando suas histórias divertidas. As irmãs Vanessa e Vivian colecionam várias passagens cômicas pelo fato de serem idênticas. E os irmãos Daniel e Rafael Borin contaram ao repórter que até o Facebook confundiu as fotos de ambos, mostrando o que era do perfil de um no perfil do outro.

Iara Mastine

Conexão familiar é a chave para criar gêmeos em harmonia

Psicóloga e coach de pais e filhos, Iara Mastine palestrou sobre “Parentalidade Consciente na criação de gêmeos e múltiplos” com muita propriedade: em seu consultório em São Paulo, ela contou que atende a muitos pacientes e observa os comportamentos das duplas. “100% deles são muito diferentes! Cada criança é única. A parentalidade consciente irá beneficiar a todos por conta do acolhimento das necessidades individuais de cada um.” Neste 1º Workshop Nacional de Gêmeos e Múltiplos, Iara analisou ainda alguns trechos do filme Valente, pois a protagonista (Merida) tem irmãos mais novos trigêmeos e toda uma dinâmica com os pais se desenvolve a partir disso. Na próxima semana, aqui no site da Me Two, vamos falar novamente sobre este assunto!

Dra Rosa Moll, pediatra

Médicos e profissionais que atendem as famílias precisam ir além do básico

Um atendimento empático e um olhar acolhedor por parte dos profissionais da saúde. A pediatra dra Rosa Moll debateu sobre as situações mais comuns na Medicina em se tratando do universo de gêmeos e múltiplos. É, sim, tudo muito diferente de quem tem um só bebê! Ter dois ou mais ao mesmo tempo traz muitas questões envolvidas: em algumas vezes a mãe fica em repouso durante a gestação, em diversos casos os bebês nascem prematuros e precisam de tempo na UTI neonatal e até mesmo a duração da licença-maternidade para famílias com gêmeos foi discutida. Para dra. Rosa, a pediatria precisa ir além de apenas pesar e medir. “Consulta de gêmeos não é só anotar peso e altura de cada um. Isso é muito fácil! Precisa entrar um primeiro, depois o outro sozinho e por fim olhar os dois juntos.” Na quarta-feira, vamos relatar em detalhes aqui no site tudo o que a pediatra comentou no workshop. Fiquem ligados!

11 rodas de conversa para trocar ideias com outras famílias

Imagina que bacana ficar um tempão conversando sobre todos aqueles assuntos do universo dos gêmeos e múltiplos com pessoas igualmente interessadas nos temas, mas com suas próprias experiências para contar? Foi assim na parte final do Workshop, quando 11 mesas de bate-papo tomaram conta do salão de eventos. As dezenas de participantes debateram desde o sono dos bebês e a nutrição das crianças até aspectos do comportamento infantil e dos pais, relacionamento dos gêmeos quando adultos e uma série de particularidades dos múltiplos. Foi enriquecedor! Este formato de compartilhamento de ideias é inspirado na dinâmica World Café. No final, todos saíram cheios de inspirações e novos olhares para suas questões pessoais. Na quinta-feira e na sexta-feira, contaremos algumas destas rodas com os resumos de todas as questões abordadas.

Durante todo o dia, as crianças cujas famílias estavam hospedadas no Hotel Alpestre participaram de atividades. No fim do dia, com o encerramento do evento, a criançada mostrou toda sua sensibilidade e emocionaram os adultos. Com incentivo da arte-terapeuta Iara Peccin, elas ouviram a música da Isadora Canto criada para a Me Two e desenharam suas emoções em peças de quebra-cabeça de papelão, personalizadas para nosso evento! Foi lindo! ❤ Eles nos completam!

Parabéns para a Me Two

A Me Two fez um ano de vida no dia 2 de abril e comemoramos com todos em Gramado! Tem coisa melhor do que celebrar com outras famílias de gêmeos também? Nosso PARABÉNS foi megaespecial! Obrigada a nossos parceiros incríveis que contribuíram para que tudo ficasse ainda mais delicioso! Adelles Rios por cuidar de toda a festa pra tudo sair perfeito, Festejar e Receber pelos itens de decoração e Oh My Cake pelos bolos e doces deliciosos.

GRATIDÃO por tudo o que vocês nos dão em troca de tanta dedicação!
É para isto que nós trabalhamos e dedicamos nosso trabalho <3

Leia também aqui na Me Two
@@ Tudo o que uma mãe de gêmeos de primeira viagem precisa saber
@@ No Dia dos Múltiplos, irmãos compartilham suas histórias + curiosas
@@ 8 de março: a história das 3 multi-mulheres-mães que criaram a Me Two

Camila Saccomori
Camila Saccomori
Jornalista de Porto Alegre e mãe da Pietra, nascida em 2011. Desde a gravidez, passou a produzir conteúdos femininos e voltados a famílias em vídeo, foto e texto. Trabalhou por 20 anos no Grupo RBS e hoje faz conteúdos para a Me Two e projetos de maternidade pelo seu novo "filho", o canal @VamosCriar.

1 Comment

  1. […] da data, a Me Two aborda o tema para ampliar a questão, que surgiu também durante nosso 1º Workshop de Gêmeos e Múltiplos, em Gramado, no último dia 6 de abril. Durante uma das palestras, a participante Janine Priscila […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *