Estão chegando as férias de inverno e para quem está planejando uma viagem com os gêmeos, não deixe de ler nossas dicas antes!

A Me Two reuniu tudo o que você precisa saber antes de partir por aí com os filhos, de qualquer idade, seja de carro ou avião.

E além de depoimentos de quem já passeou muito com os gêmeos por aí, temos aquelas dicas certeiras em parceria com a Alô Bebê, que traz muitos itens e acessórios indispensáveis para quem está indo viajar. Vem ver!

Antes de mais nada, a leveza

A primeira dica é justamente acertar o espírito de viagem: se os pais decidiram sair, viajar, passear, que seja para ser algo bom, diferente, para recarregar, por mais trabalhoso que seja! E aí vem a questão da balança: se um dos pais está mais estressado, gostaria de ter feito algo e não conseguiu, está precisando de uns minutos para desopilar, o outro assume o comando momentaneamente para tudo voltar para o lugar. Vale a pena conversar antes de sair em viagem para acertar como pretendem fazer com horários, refeições, sonecas… Tudo para ser o mais tranquilo possível para a família!

Para quem escolheu a viagem de carro

Procure viajar aproveitando o horário das sonecas da dupla (se for no meio da manhã ou no meio da tarde, por exemplo, use estes como horário de partida). Mesmo em viagens mais curtas, tenha em mente que você vai precisar prever paradas estratégicas para amamentar ou um deles pode ficar enjoado. Trocas de fraldas e alimentação também entram aqui nesta conta. Veja lá no fim da matéria a lista COMPLETA do que levar em viagens com gêmeos.

# Escolha sair de viagem na hora que seus gêmeos fazem o soninho. Assim você não os tira da rotina
# Idealmente, faça viagens curtas, no tempo de duração de uma soneca (1 a 2 horas)
# Tenha em mãos: toalhinha (para caso de vômito), mamadeiras prontas com leite em pó dentro, térmica com aguinha morna, soro para o nariz, papinhas (dependendo da idade).
# Esteja preparada para parar! A viagem tem que acontecer no tempo deles. Nem sempre eles dormem ou ficam quietos como gostaríamos. Saia sempre sem pressa para chegar no destino.
# Leve dois ou mais brinquedinhos (conforme a idade) porque se eles acordarem, você vai precisar.
# Escolha um brinquedinho para cada que será aquele que vai estar no carrinho, no bebe conforto e na caminha para todas as saídas de casa: estes brinquedinhos dão segurança para os bebês. São sua referencia que está tudo certo (algo que não muda, mesmo que mudem de ambiente).

PARA QUEM VIAJA DE AVIÃO

Se for possível, opte pelas viagens noturnas, que são relativamente melhores do que as diurnas. A criançada pode ficar mais agitada se for durante o dia e interagir mais no avião (e a gente sabe que tem pouco espaço para se movimentar lá dentro, né?).

# Dar o bico ou a mamadeira na decolagem e no pouso para facilitar a abertura dos ouvidos dos bebês.
# As dicas sobre a viagem de carro também servem para avião, exceto a questão das paradas!

@@ Para todas as viagens, o CARRINHO DUPLO foi apontado por todas as famílias como sendo o item mais indispensável de todos! Veja aqui na nossa lista especial os prós e contras dos principais modelos de carrinhos duplos disponíveis no mercado. 

“Praticidade é a chave do sucesso para quem tem gêmeos”

No ano passado, contamos aqui na Me Two a história da médica Licieri, 38 anos e do seu marido, Rafael, 39, que saíram de São Paulo em abril para ficar um ano e meio conhecendo o mundo e contando no site Gêmeos na Mochila tudo sobre as experiências dos pequenos Gabriel e Antônio, que recém haviam completado um ano. Aqui no site da Me Two, o casal dá várias dicas bacanas para você aproveitar em qualquer passeio com os gêmeos. E a seguir, Licieri explica melhor o que leva em conta quando vai arrumar a mala.

“Para arrumar as malas, quando fazemos viagens, os mantras são: praticidade e versatilidade aos imprevistos. Claro que esses pontos são bem mais importantes quando fazermos viagens mais longas e de avião, mas tento não perder esses focos mesmo quando vamos passar um fim de semana no interior, na casa dos avós, mesmo porque sempre voltamos com bagagens extras de quitutes caipiras. Na verdade, praticidade, para quem tem gêmeos, ao meu ver, é a chave do sucesso! Tento fazer tudo o mais simples para que a rotina dupla seja o menos sobrecarregada possível, sobrando tempo para o que realmente importa, que é estar com os meninos. Acho que isso no dia-a-dia é importante e em viagem é fundamental. Um exemplo dessa economia de tempo, em pequenos detalhes, é usar a prática do “sleep and play”com as roupas, ou seja, eles já dormem com algo confortável e que dê para ser usado durante o dia seguinte. Dessa forma, liberamos um pouquinho mais de tempo para um café gostoso, ou uma brincadeira antes do trabalho, pela manhã.”

Gostou da trip ao redor do mundo dos Gêmeos na Mochila?
Você também irá curtir estas dicas especiais da Licieri:
@@ Viagem de avião com gêmeos de 1 ano
@@ Dicas de viagem: lanches no avião

“Leve brinquedos novos e mamadeiras prontas para todos”

Laura Romero, 44 anos, é psicóloga, colombiana, casada com colombiano. Moram no Brasil há 8 anos. O casal tem 3 filhos brasileiros, a mais velha de 6 anos (Luciana) e gêmeos idênticos de 4 anos e 8 meses.

“A primeira vez que viajei com os gêmeos foi para a Colômbia quando eles tinham 8 meses. Foi bem complexo porque fomos em seis pessoas: eu, meu marido, os gêmeos, nossa filha mais velha e a babá. Foi uma viagem de 6h de avião. Estávamos preocupados com a saúde deles, se os ouvidinhos das 3 crianças iriam doer no avião. E tivemos nosso primeiro aprendizado: faça um plano de saúde se for ficar em outro país por algum tempo. Outra dica é levar brinquedos novos e mamadeiras prontas para todos. 
Nessa primeira viagem aprendi que é muito melhor se tiver ajuda, somos um time, eu e meu marido fazemos tudo junto. E também ter muita paciência, pois qualquer viagem tem muitas variáveis que você não vai poder planejar ou controlar sempre. O voo atrasa, demora, muda horário. Sempre aconselho levar uma toalha grande, tapete ou canga pra poder jogar no chão pra momentos de espera. Serve pra praia, estrada, aeroporto…”

“Gosto de dizer que temos que encher as malas de roupas práticas e o coração de muita paciência. E já que falamos em roupas, é indicado levar uma troca para pais e crianças quando elas são bem pequenas. Sempre acontecem acidentes! Mas, de tudo o que já usei, o carrinho duplo é o mais importante. Também indico que se você tem mais um filho além dos gêmeos, leve um Glider Board (para levar uma terceira criança de pé). Sem falar no super prático Baby Hook, um “gancho”, para carregar bolsas e sacolas no carrinho dos gêmeos”.

“Papai e mamãe precisam estar alinhados nas tarefas”

Veja as super dicas da Thais Reali, idealizadora da Me Two, que viaja com os gêmeos Nicholas e Thomas, 4 anos, de carro e de avião desde que eles eram bebês!

“No primeiro dia no lugar novo, as crianças sempre demoram para se acostumar: a noite é mais agitada, tem mais choro. O mesmo acontece no primeiro dia de retorno para casa. Ou seja, precisamos dar o tempo deles se adaptarem. E também você já deve sair sabendo que esses dois dias você vai se estressar mais do que o normal. Essa dica é preciosa e faz você entender que é normal e respirar fundo porque no final o saldo sempre é mais positivo do que negativo. E a minha dica final é que vocês não tenham medo de viajar com seus gêmeos. Temos que nos preparar antes e depois, tanto psicologicamente quanto com toda a parafernália. Mas quanto mais vocês se testarem, mais fácil vai ficando e todo mundo sai ganhando. Não digo que foi fácil, mas se você não se estressar tanto e estiver preparada para comprar o que faltar na cidade destino, tudo fica mais leve. E o papai e a mamãe tem que estar bem alinhados e unidos nas tarefas com os gêmeos. No mais, tudo flui, eles aproveitam e nós também podemos fazer as coisas que gostamos e nos sentimos mais felizes para voltar à rotina super atarefada que temos.”

LISTA – O QUE LEVAR NA VIAGEM – Por Thais Reali

O QUE LEVAR NA MALA DE MÃO

Carteiras de vacinação
Fraldas
Uma troca de roupa fácil para cada um
Toalhinha
Lenços umedecidos
Mamadeiras
Leite em pó (para mais de uma mamada, mesmo que a viagem seja curta)
Carteiras de identidade – você não pode sair de casa sem elas
Chupetas (o de uso e um extra para cada – chupeta nunca é demais)
Saquinho de lixo
Babeiros de pano e de plástico
Duas colheres
Mordedores (conforme a idade)
Kit farmacinha básico – remédios para febre, enjôo, vômito
Trocador de plástico ou mesmo descartáveis
Dois cobertores para a viagem e depois também serão usados para dormirem
Lencinho de papel
Documentos pessoais e de convênio médico
Uma muda de roupa extra para os adultos

O QUE LEVAR NA MALA DE VIAGEM

O carrinho e os bêbes-conforto não podem faltar. Escolha um carrinho duplo no estilo guarda-chuva, que não ocupa muito espaço no porta-malas.
Lata de leite
Pacote de fraldas extra
Caminhas desmontáveis – se seu carro permite, é uma aquisição muito boa. De qualquer forma, os hotéis disponibilizam
Roupas: leve sempre quatro conjuntos de roupas a mais do que imaginam que será usado
Farmacinha maior do que a da mala de mão, segundo recomendação do pediatra
Escova e pasta de dente para os dois

Leia também aqui na Me Two
@@ Dicas práticas para curtir a praia com gêmeos
@@ Pais de gêmeos de 4 anos contam como é viajar desde cedo com a dupla
@@ 10 dicas práticas para viajar com gêmeos