O Dia das Crianças vem aí e você tem um feriadão inteiro ao lado dos seus gêmeos. Quer oportunidade melhor para fotografar e guardar memórias para a vida toda?

Reunimos dicas de uma fotógrafa especialista em retratos de crianças para você eternizar momentos com seus filhos, desde bebês ou já mais crescidos.

A gaúcha Giselle Sauer, 38 anos, é autora do livro Brincar, Clicar, Amar (Editora Belas-Letras, 2016), que traz todo o passo a passo para fotografar as melhores lembranças dos seus filhos e da sua família. Giselle é mãe de Martin, que acaba de completar dois anos, e tem como foco a fotografia lifestyle, conceito que trouxe ao RS quando estava recém surgindo no Brasil.

– Acredito sempre que, antes de mais nada, a fotografia é o registro do hoje, é o que conta a história de uma família e seus costumes. Mostra o que se fazia, se acreditava, se entendia como o melhor de uma época. E por isso a gente acaba por entender seu valor dali muitos anos. Então não se preocupe com a pose, com a expressão perfeita. Se preocupe em guardar os sentimentos, as caretas, as brincadeiras simples. As coisas de todo dia que vão virar história logo ali adiante – resume a profissional.

Bora lá clicar?

fotografia gêmeos crianças lifestyle RS

NÃO DEIXE DE FOTOGRAFAR A HORA DO SONINHO

Quem resiste a um bebê dormindo? Pois este momento é muito especial para você registrar. Uma dica de Giselle é colocar a mãozinha do bebê embaixo da cabeça e posicionar os pés como um “sapinho”, deixando próximos ao bumbum. Também a pose “de lado” é muito fofa, com a mão embaixo da cabeça. Dica master plus da fotógrafa: não tente forçar nenhuma posição! Muitas só funcionam mesmo com o recém-nascido em sono profundo.

FIQUE LIGADO NAS PRIMEIRAS EXPERIÊNCIAS

Tudo o que seus bebês fizerem pela primeira vez irá render expressões e momentos ótimos para registro. Experimente acompanhar a primeira papinha e ver as novas sensações que surgem. E ignore a bagunça, deixe a dupla se sujar mesmo! Este momento rende imagens divertidas, assim como as caretas que fazem ao provar novas frutas.

Também as primeiras tentativas de sentar são surpreendentes: quando eles estão ali tentando “se equilibrar”, fique ligado nas reações de surpresa dos pequenos. O mesmo vale para quando estiverem tentando aprender a caminhar. Ah! E também reserve um dia para documentar a famosa “hora do banho” em dupla.

fotos gemeas ensaio metwo giselle sauer fotografia lifestyle
Sara e Theo, 2 anos, pela lente de Giselle

CHECK-LIST DAS FOTOS INDISPENSÁVEIS

Não deixe de registrar seus bebês no trocador, pois é o cantinho do quarto que geralmente representam bem todo o espaço (e na maioria das vezes os bebês gostam de ter as fraldas trocadas, então ficam tranquilos ou fazem gracinhas). Os primeiros dentinhos também são uma etapa muito fofa de registrar. Dedique-se com paciência e afeto a esperar aquele sorrisão semi-banguela, um por vez!

fotos gemeas ensaio metwo giselle sauer fotografia lifestyle

Seus bebês no berço merecem um registro eterno, seja em que fase já estiverem. Caso já estejam ficando em pé e usando a grade como apoio, esta é a foto que não pode faltar no álbum. Quando os bebês começarem a dormir em suas caminhas, também vale promover uma sessão de fotos em casa para registrar essa passagem. As crianças costumam ficar muito faceiras com essa mudança de etapa!
Não esqueça de fotografar as chupetas, que um dia serão esquecidas, e os brinquedos preferidos, que um dia também vão deixar de existir.

COMO CAPTAR EXPRESSÕES ÚNICAS

– O sorriso espontâneo é aquele com que mais nos identificamos, porque é original e único – afirma Giselle.

Então, como dar a sorte de fotografar a hora exata? A dica master da autora do livro Brincar, Clicar, Amar” é justamente estar preparado nos momentos certos. Ter uma outra pessoa por perto brincando de esconder ou provocando estímulos para as crianças pode ser interessante – e aí você já está de câmera em punhos, a postos esperando algo diferente! Giselle destaca que suas cenas preferidas incluem caras de birra, choros e caretas, pela espontaneidade. Ficou curioso para testar em casa?

fotos gemeas ensaio metwo giselle sauer fotografia lifestyle

NA PRÁTICA

# Aproveite aquele dia em que os dois parecem ter acordado no melhor humor do mundo e faça retratos dos dois juntos em casa mesmo. Vale na cama, na poltrona, nas brincadeiras, indica Giselle.

# Se você for fotografar ao ar livre, em algum parque ou locação, cuide para não vestir seus pequenos da mesma cor predominante do local. Se no parque tiver muita área verde, use cores vibrantes.

# Não use cores como vermelho nas roupas para fotografar, pois isso pode alterar a cor da pele das crianças com a incidência da luz. Dê preferência aos tons pastéis.

fotos gemeas ensaio metwo giselle sauer fotografia lifestyle

# Deixe as crianças serem elas mesmas, não se preocupe tanto em poses. A gente precisa poder lembrar dos momentos como eles eram e não como a gente gostaria que tivessem sido.

# Clique antes do momento. Tem um ditado na fotografia que diz que se você viu, você não fotografou. Acho que não poderia ser mais perfeito. Se você está fotografando, não economize em cliques. Aproveite que hoje a tecnologia permite que a gente não precise revelar um filme pra saber se as fotos deram certo!

# Fotografe as peculiaridades e diferenças entre eles, como a forma de sorrir ou de andar. São recordações bonitas e que vão sempre mostrar as individualidades e particularidades de cada um.

# Se os gêmeos tiverem irmãos, principalmente mais velhos, chamem para participar. Geralmente a presença do irmão ou irmã faz com que as crianças fiquem juntas. Seja pela curiosidade do que o outro está fazendo ou pela disputa de um brinquedo.

# Chame ajuda! Por natureza é bem mais difícil fotografar os próprios filhos do que os filhos da vizinha. A criança tem uma relação diferente com os pais, então quanto mais ajuda você tiver para distraí-los, melhor.

# Assim como os sorrisos são dobrados, os choros também. Já pensou mostrar para seus pequenos daqui muitos anos que tinham momentos em que todo mundo chorava junto?

Depois de concluir, não esqueça de imprimir

E uma última dica importantíssima: não esqueça de imprimir as fotos! Mesmo que fique tudo salvo no computador ou em um pen drive, nada substitui as lembranças em registros de papel. Esses duram para sempre!

<3

Quer mais dicas como esta? O livro Clicar, Brincar, Amar (Editora Belas Letras) traz muitas outras super úteis!

LEIA TAMBÉM
# GUIA DE BRINCADEIRAS PARA GÊMEOS DE ZERO A 6 ANOS
# COMO É A VIDA DE MÃE DE TRIGÊMEOS, DA GESTAÇÃO À ROTINA