Melanie Graille, 30, e Marcela Tiboni, 37, se casaram em 2017 e realizaram o sonho de serem mães através da fertilização in vitro.

O tratamento deu mais do que certo: os dois embriões fertilizados vingaram e então nasceram os gêmeos Iolanda e Bernardo.

E mais uma linda surpresa nessa história: ambas amamentam os bebês desde o nascimento, há 8 meses. As experiências vividas pelas duas mães estão em livro que foi lançado na semana passada e já teve sessão de autógrafos em BH (e em breve em São Paulo – 22 de junho – e Porto Alegre no segundo semestre).

Na obra “Mama: relato de uma maternidade homoafetiva”, a escritora Marcela e a produtora cultural Melanie contam todo o processo em detalhes. Quando Melanie estava chegando aos sete meses de gestação, Marcela começou um tratamento para induzir a produção de leite em seu corpo.

Com a orientação de uma médica a consultora em amamentação Kely Carvalho, Marcela passou a tomar um remédio que induzia a produção de prolactina e usava bomba de tirar leite todos os dias, 5 vezes ao dia, durante dois meses.

Não foi nada fácil e elas até duvidavam que fosse dar certo, mas quando os gêmeos nasceram, já tinha meio litro de leite congelado! As duas mães dividem a amamentação até hoje. E Marcela nem precisa mais tomar o remédio porque a própria boca deles no bico do peito estimula a produção de leite.

Que história incrível de amor e entrega, não é mesmo? A Me Two quer muito conhecer vocês ao vivo logo! Sucesso ao livro!