“Entender a mãe de gêmeos faz parte do papel do pediatra”: médica neonatologista pede mais empatia
16 de abril de 2019
Dia das Mães nas escolas: o dilema para as mães de gêmeos
25 de abril de 2019

“À primeira vista, são gêmeas normais nascidas na nossa maternidade em Colonia, Holweide (Alemanha). À segunda vista, nada é normal aqui, porque Liana e Leonie nasceram com 97 dias de diferença”.

Se não fossem os médicos registrarem o fato em detalhes, teríamos dificuldade de acreditar nessa história!

Tudo começou em 17 de novembro do ano passado, quando a mãe das meninas, Oxana, chegou às 26 semanas de gravidez e deu à luz de forma prematura Liana, com apenas 900 gramas. Depois do parto, as contrações pararam e o colo do útero voltou a fechar, permitindo que a outra bebê ficasse sendo gestada mais tempo. (Os médicos ressaltaram que as condições eram favoráveis devido à existência de uma segunda placenta). E assim foi!

No último dia 22 de fevereiro de 2019, nasceu Leonie, com 3,67 quilogramas. O relato impressionante foi compartilhado pela clínica Kliniken der Stadt Köln (fb.com/klinikenkoeln).

Hoje as duas bebês já estão em casa, saudáveis com seus pais, comemorando a Páscoa em família! E aí, não parece um verdadeiro milagre da natureza e da Medicina essa história?

Vanessa Rocha
Vanessa Rocha
Vanessa Rocha é mãe da Isabela e do Gabriel de 6 anos. Na Me Two, é responsável pela geração de conteúdo. Sempre ligada no que tem de melhor quando o assunto são os gêmeos. Formada em Farmácia, com especialização na área de oncologia, saiu do hospital onde trabalhava para se dedicar à dupla. Aos poucos, retornou para a área e hoje atua eventualmente em algumas clínicas. Sempre criativa nas brincadeiras com seus filhos e segura quando o assunto é cuidar dos gêmeos, traz ideias e inspira muitas mães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *