INVERNO com filhos pequenos – Um novo olhar. Por Marta Stumpf, mãe de gêmeos prematuros

VIAJANDO COM GÊMEOS DESDE O NASCIMENTO. Relato da mamãe Thaís Reali
28 de junho de 2018
O QUE É SÍNDROME DE TRANSFUSÃO FETO FETAL? – COM DR. WAGNER HERNANDEZ
3 de julho de 2018

Mãe dos gêmeos Fernando e Rafaela ( um ano e oito meses), Marta Stumpf, conta a nova perspectiva do inverno com a chegada dos filhos.

Em Porto Alegre, onde reside Marta e a família, as estações do ano são muito características e o inverno é frio e úmido.

Cofira o relato da mãe dos gêmeos que diariamente dedica-se a eles com muito amor, superação e leveza:

Os gêmeos Fernando e Rafaela

“Ahhh o inverno, sinônimo de lareira, aconchego, serra, festas, encontro com os amigos, jantares românticos, filme, pipoca, chimarrão,  mas aí você tem filhos, são dois, são prematuros, são extremos e um deles tem necessidades de cuidados especiais, problemas respiratórios, ok, você escolheu ser mãe, o casal quis muito ter filhos, tentou por muitos e muitos anos, você deixa os filhos aos cuidados de terceiros para curtir o inverno? Não, eles foram muito desejados e esse amor maior faz todo o resto ficar em segundo plano e eles passam a ser a sua prioridade.

Odiar o inverno? Não, ele tem seus encantos. Amar e cuidar, esse é o lema, saber que é uma fase e que toda essa abdicação e dedicação valerá a pena, o retorno serão filhos felizes e saudáveis e a certeza de que a maternidade e paternidade foram concluídos com sucesso!

Família reunida para um passeio.

Desejar ter filhos e tê-los é padecer no paraíso. É estar em casa com eles, muitas vezes em situações adversas, tendo que lidar com doenças típicas da estação, enquanto todos se divertem numa festa junina ou num evento que tanto queríamos estar. Porém sempre lembrando que nada é maior do que esse amor, que faz do inverno uma estação de devoção, de calor humano!

Aqui fala um casal que desejou ter filhos por 6 anos, fez 5 fertilizações in vitro, realizou o seu maior sonho, teve gêmeos de 27 semanas e que tem muito orgulho dessa história. Fernando e Rafaela estão com 1 ano e 8 meses (1 ano e 5 meses corrigidos). Rafaela tem questões respiratórias, traqueo e gastro, apresenta atraso no desenvolvimento (recuperável), pois ficou 11 meses e meio hospitalizada e Fernando segue um desenvolvimento normal.

Tudo vale a pena quando a alma não é pequena!”

 

Marta Stumpf é psicoterapeuta psicanalítica,especialista em infância, adolescencia, casal e família. Casada com Felipe Stumpf.

Instagram: @martamms79

 

Confira o relato da mamãe Grazi Cescon que fala sobre amamentar gêmeos. Clique aqui.

Vanessa Rocha
Vanessa Rocha
Vanessa Rocha é mãe da Isabela e do Gabriel de 6 anos. Na Me Two, é responsável pela geração de conteúdo. Sempre ligada no que tem de melhor quando o assunto são os gêmeos. Formada em Farmácia, com especialização na área de oncologia, saiu do hospital onde trabalhava para se dedicar à dupla. Aos poucos, retornou para a área e hoje atua eventualmente em algumas clínicas. Sempre criativa nas brincadeiras com seus filhos e segura quando o assunto é cuidar dos gêmeos, traz ideias e inspira muitas mães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *