atraso fala gêmeos linguagem
Atraso na fala? Saiba tudo sobre o desenvolvimento da linguagem em gêmeos
18 de fevereiro de 2019
Gêmeos mesmo tão diferentes: mães mostram suas duplinhas que sempre chamam a atenção
26 de fevereiro de 2019

Quando meu filho irá conseguir tomar banho sozinho?

Essa é uma pergunta que chega muito aqui para a Me Two – ainda mais porque pai e mãe de gêmeos e múltiplos precisam dar banho em dois ou mais, certo? Então, vamos às dicas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A pediatra Lissandra Pedroso indica que desde os 3 ou 4 anos de idade das crianças, o adulto que dá banho faça da atividade algo lúdico: nomeie as partes do corpo e vá explicando sobre a higiene. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

  •  Com 5 ou 6 anos a criança já pode assumir um pouco mais de fazer sua própria higiene, ainda com supervisão. A parte motora deles vai se desenvolvendo melhor. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
  •  Com 7 anos, em geral, eles já estão preparadinhos para tomar o banho todo sozinhos. O adulto precisa dar umas conferidas de vez em quando: “e aí, lavou bem o bumbum?” ou “E lembrou atrás da orelha?”. Também orientar sobre como limpar as partes íntimas de meninos e meninas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
  •  Nossa co-idealizadora da Me Two, Elisa Scheibe-Marty, consultora do sono materno-infantil, indica associar esta conquista a outras: “Agora que estás indo para um colégio grande…”, “Agora que já consegues mergulhar sozinho, é hora também de… aprender a dormir sozinho”. Não que uma coisa leve necessariamente à outra, mas eles entendem que são capazes. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Um guia visual como este que a Me Two preparou também é um aliado para orientar o banho sozinho dos gêmeos! Acesse o link GuiadoBanhoMeTwo e imprima o seu!

E conta aqui pra gente nos comentários como é na sua casa a hora do banho das crianças. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Vanessa Rocha
Vanessa Rocha
Vanessa Rocha é mãe da Isabela e do Gabriel de 6 anos. Na Me Two, é responsável pela geração de conteúdo. Sempre ligada no que tem de melhor quando o assunto são os gêmeos. Formada em Farmácia, com especialização na área de oncologia, saiu do hospital onde trabalhava para se dedicar à dupla. Aos poucos, retornou para a área e hoje atua eventualmente em algumas clínicas. Sempre criativa nas brincadeiras com seus filhos e segura quando o assunto é cuidar dos gêmeos, traz ideias e inspira muitas mães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *