Hoje nossa convidada do “Conversa com especialista” é Daniela Scheibe, psicóloga e consultora em amamentação.

Segundo Daniela, para amenizar possíveis dificuldades na hora de dar de mamar, muitas soluções estão surgindo, cada vez mais no sentido de tornar esse momento menos dolorido e mais prazeroso. Uma das novidades nessa área, que está auxiliando muitas mães, é a LASERTERAPIA aplicada a traumas mamilares.

Desafio da maternidade – Amamentação:

Um dos primeiros desafios da maternidade é a amamentação, já que as mães se preocupam muito em não deixar os bebezinhos com fome.
E para mães de gêmeos ou múltiplos, alimentar dois ou mais bebês pode ser um desafio ainda maior. Com isso, ela pode ficar mais cansada, com privação de sono, a imunidade pode baixar, as mamas podem ficar mais sensíveis e doloridas, ou até mesmo com fissuras, prejudicando a amamentação. Diferentemente de uma mãe que tem um só bebê para amamentar, as mães de múltiplos não tem o tempo necessário para descansar as mamas, já que, normalmente, em todas as mamadas precisam oferecer ambos os seios, situação que pode deixá-los muito mais sensíveis.

Laserterapia:

Uma das grandes novidades que queremos apresentar para as leitoras da Me Two é o laser, que pode auxiliar de forma muito eficaz casos de fissuras mamárias, candidíase mamária, mastites, e até melhorar assaduras severas em bebês.
A Laserterapia aplicada a traumas mamilares é feita com um laser de baixa potência, ou seja, que não queima nem corta a pele, cuja aplicação é rápida e indolor, diminuindo significativamente a sensibilidade do mamilo e cicatrizando feridas, oferecendo à mãe maior conforto ao amamentar. Além disso, o mesmo aparelho conta com uma função de laserterapia sistêmica (ILIB), capaz de auxiliar na recuperação cirúrgica e no pós-parto, no stress, na insônia, na fadiga, bem como na depressão pós-parto e para aumento da imunidade.

Como funciona o tratamento?

Normalmente a aplicação do laser é oferecida juntamente com a consultoria em amamentação, momento em que a profissional vai fazer uma verificação completa de como estão as mamas, se os bebês possuem alguma dificuldade para sugar (como o frênulo lingual preso ou no caso de bebês prematuros, que não tem tanta força para sugar).  Muitas vezes a pega incorreta causa muito desconforto para a mãe, e é uma questão fácil de resolver.
Se necessário, a consultora vai indicar o uso do laser. O número de aplicações vai depender da resposta do organismo de cada mãe, porém, tem-se visto que, em média, depois de duas a três aplicações já se percebe melhora significativa nas mamas. Em geral, com as manobras e sugestões da consultoria em amamentação, aliado ao uso do laser, é possível ter resultados rápidos e eficazes.
O puerpério é um período de mudanças tanto hormonais quanto emocionais. É importante que a mãe possa conhecer e, se necessário, fazer uso dos recursos disponíveis no mercado para que possa passar por este período mais tranquila e feliz, aproveitando todas as sensações que a maternidade traz.
Teremos, em outras oportunidades, mais momentos para conhecer os benefícios da Laserterapia aplicada à amamentação, e relatos de mães que se submeteram ao tratamento.
Até a próxima!
Daniela Scheibe é psicóloga clínica. Há muito se interessa pelo tema do feminino,  acolhendo os sentimentos relacionados à maternidade e às transformações por ela provocadas. Possui formação como Consultora em Amamentação e Laserterapeuta pela Mame Bem Consultoria em Amamentação.