A internet está repleta de inspirações de festas de aniversários infantis, de referências de decoração e de temas. Mas quando temos gêmeos, estas decisões se somam a outras na hora de organizar a comemoração.

Dois bolos ou um só? Duas velas ou ambos apagam a mesma? Cantar um parabéns para a dupla ou um para cada criança?

Como em quase tudo na vida, não existe certo e errado e você vai decidir conforme seu feeling. Mas para quem nem sabe por onde começar, a Me Two reuniu depoimentos de mães que já organizaram festinhas para seus gêmeos e contam como foi a escolha do tema da decoração e das dúvidas sobre bolos, velas e parabéns. Nossa coidealizadora da Me Two Vanessa Rocha coleciona bons momentos e boas memórias das 6 festinhas para a dupla Isabela e Gabriel e agora já pensa em como será conciliar o tema pedido pelos filhos para o aniver de 7.

“Dois Parabéns e duas velas, sempre”

Vanessa Rocha, coidealizadora da Me Two, mãe do Gabriel e da Isabela

Aniver de 3 anos de Isabela e Gabriel – Foto: Victoria Campello/divulgação

“Festas de gêmeos é aquele momento em que saímos ganhando, porque em todas as outras situações você paga tudo em dobro (mensalidade da escola, enxoval, fraldas), mas aniversário é um dos únicos momentos em que dá para economizar tendo duas crianças na mesma fase. Nos últimos 6 anos, sempre pensei em temas que combinassem. No primeiro aninho, MICKEY E MINNIE, personagens que eles adoram. No segundo ano, ANIMAIS NA FLORESTA. Com 3 aninhos, escolhi TOY STORY e ambos estavam novamente fantasiados. No quarto ano, cada um usou uma fantasia de personagens da PATRULHA CANINA. No de 5 anos, após terem assistido ao filme HARRY POTTER com o pai, sugeri o tema para a festa e eles acataram. Com 6 anos, não iríamos fazer festa, mas de última hora decidimos algo bem íntimo e aproveitei itens para criar uma festa com o tema EMOJIS. Agora, para os 7 anos, cada um já está escolhendo o seu (será em outubro). Por enquanto, estão numa fase OS VINGADORES, então vai ser tranquilo conciliar.

Aniver de 3 anos de Isabela e Gabriel – Foto: Victoria Campello/divulgação

Sobre a hora do PARABÉNS A VOCÊ, acredito que tenham que ser dois, um para cada um. Aí é o momento de combinar com os convidados em volta da mesa: o primeiro vai para a Isabela, o segundo para o Gabriel! Outra dica é pensar em ter DUAS VELAS OU DOIS BOLOS. Todos estes recursos são para individualizar, representam um cuidado nos detalhes. Também é preciso escutá-los com os amigos e ver quem cada um quer chamar. Pois, sim, a festa de aniversário é junto, no mesmo dia, mas que dentro deste cenário tenha a individualidade deles preservada”.

“Meu filho e minha filha escolheram Frozen como tema único”

Cristiane Hoppe, mãe da Martina e do Guillermo, 4 anos

Foto: Elisa Scheibe

“Martina e Guillermo decidiram em conjunto que queria FROZEN para a festa de 4 anos, pois tem príncipe e princesa. Eles gostam de cantar e dançar as músicas do filme, o que facilitou muito a minha vida. O menino adora o Hanns, porque tem cavalo e espada. A menina adora Anna e Elza. O desafio foi fazer com que não ficasse só feminino e que ficasse o mais neutro possível. Eles gostam de um único Parabéns para os dois, juntos, com seus nomes misturados na hora do Viva! Viva Martina, Viva Guillermo. Em uma ocasião, eles foram em uma festinha de irmãos que não eram gêmeos e cada aniversariante tinha sua própria mesa bem diferente, então saíram de lá dizendo que cada um queria sua própria mesa também. Aí sim eu tive que partir para um convencimento a fim de manter junto devido ao tema da decoração (risos).

“As crianças adoram apagar velinhas, por isso cada um tem o seu bolo”

Luana Molina, mãe do Caio e do Davi, 2 anos

“Meus filhos são apaixonados por aeronaves, não podem ver uma passando no céu que param tudo o que estão fazendo para procurar o avião. O tema do aniversário foi muito natural, portanto. Foi uma festa intimista, mas fiz questão de pensar e elaborar cada parte dos detalhes. O fundo do cenário foi um tecido que comprei, pendurei alguns aviões de madeira pintados nas cores do tema e utilizei plaquinhas artesanais como decoração. Os meninos adoram apagar velinhas, por isso fiz questão de cada um ter o seu bolo, para terem sua individualidade na festa, e ainda fiz um terceiro para mim, pois faço aniversário na mesma semana. Mesmo em uma festa em casa podemos elaborar uma mesa bacana para estes momentos que ficarão eternizados.”

“Para desespero da mãe, cada um pediu um tema bem diferente”

Patricia Valter Manicardi, mãe do Antonio e do Davi, 4 anos

“Sempre fizemos festinha para comemorar o aniversário deles, tudo simples, mas com muito amor! Nos 3 primeiros anos, eu ainda com o poder de escolha, escolhi os temas PATATI & PATATÁ (1 ano), PATRULHA CANINA (2 anos), e MICKEY E MINNIE (3 anos). Sempre com dois bolos e um parabéns. Este ano perdi meu poder de escolha e cada filho escolheu o seu tema: Antonio pediu HOMEM-ARANHA e Davi queria DINOSSAUROS, para desespero desta mãe! Com temas tão diferentes, para facilitar, confesso que tentei convencer um ou outro para mudar o tema. Foram várias conversas, tentativas, sem sucesso… Mas depois fiquei pensando: por que tentar mudar? Eles são gêmeos, sim, mas não gostam da mesma coisa, certo? Certo! Então me organizei para fazer uma festa com dois temas. E deu tudo certo!”

Dois bolos, duas velas, um parabéns

Karisten Suellen Cezar Dutra, mãe dos gêmeos Marcos e Olivia, 1 ano

“Não íamos fazer festinha de um aninho para os gêmeos, pois o nosso orçamento estava muito apertado. Mas com toda a ajuda da família conseguimos organizar. Escolhemos MICKEY E MINNIE por ser um casal e também por ficar uma decoração muito bonita. Na hora da festa, bem na hora dos parabéns, eles capotaram e dormiram! Acordaram vinte minutos depois (risos). Optei por dois bolos e duas velas para cada um. Mas na hora dos parabéns cantamos para os dois juntos. Não acharia justo fazer um bolo para os dois, penso que temos que começar a tratá-los individualmente desde cedo.”

“Escolhi 1 bolo para dar a impressão de união”

Sibelly Silva, mãe de Laís e Clara

“A festa não é para agradar os convidados, tampouco é porque as crianças tenham percepção ou não do que está acontecendo. Ela é a celebração da vitória por sobrevivermos todos às muitas noites em claro, ao puerpério incurado, ao refluxo intenso, à cólica, ao sono. Desde que o susto da gestação gemelar passou , chamo minhas filhas de “passarinhos”. Todos os mais próximos as conhecem assim, então a escolha do tema da festinha de 1 ano foi óbvia.
Familiares ajudam a preparar tudo. Costurei e bordei saquinhos de tecido para as lembrancinhas. Cultivei as suculentas. Fiz até uma casinha de passarinhos com argila e barbante. Optei por um único bolo na mesa porque queria dar essa impressão de união mesmo, não sei se faz sentido mas, para mim, dois bolos remete a algo dividido. Nossos passarinhos com certeza vão gostar de ver e rever os registros desse dia.”

Leia também aqui na Me Two:
@@ Como escolher o modelo de carrinho ideal
@@ Vídeo: seus gêmeos comem mal? Gabriela Kapim dá dicas
@@ Tudo o que você precisa saber sobre o sono dos gêmeos